quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Audiência Pública Para Tratar dos Problemas Arquitetônicos e Estruturais Relatados pelo Movimento “Valongo, Minha Casa”.

No próximo dia 22, a partir das 14 horas, a vereadora Fernanda Vannucci (PPS) realiza audiência pública para debater os problemas estruturais (trincas e rachaduras) relatados pelo Movimento Valongo, minha casa. 
Ao ler o requerimento, a vereadora apresentou reportagem publicada nesta segunda-feira (dia 5), pelo jornal Diário do Litoral. Fernanda deixou clara sua preocupação com a situação do Santuário. “Encaminhei junto com o requerimento fotos do Movimento Valongo, minha casa, que mostram o agravamento da situação do Santuário. Com esta audiência o que queremos são explicações das autoridades e órgãos, para evitar a perda da história da nossa cidade”.
Durante vistoria informal de fiéis e freis, as trincas foram observadas. As rachaduras surgiram sem motivo específico. No entanto, a vereadora lembra que há duas obras de grande porte próximas ao Santuário. A Petrobras está construindo a sede da Unidade de Exploração e Produção de Gás e Petróleo da Bacia de Santos, feita pela empresa Construcap Engenharia e Comércio S.A. Também em fase de obras, o Museu Pelé, que é de responsabilidade da AMA Brasil.
As 160 fotos encaminhadas pelo Movimento Valongo, minha casa à vereadora mostram a evolução das rachaduras e o estado em que se encontram os altares de madeira que estão descolando das paredes, além de parte do teto que caiu no final do mês de maio.
O promotor de Justiça, Luiz Cláudio Bandeira, foi comunicado dos problemas por meio de ofício detalhado, entregue pelo presidente da entidade no último dia 20 de junho, solicitando a realização de estudos técnicos para averiguar as causas das rachaduras.
 Assessoria da vereadora Fernanda Vannucci
Silvia Barreto




 

Nenhum comentário:

.

.